BLOG
LNC - big data
Geral

O que Big Data tem a ver com o seu ecommerce?

A quantidade de dados que as lojas virtuais capturam diariamente é imensa. Pra você ter uma ideia, no primeiro semestre de 2017 o número de pedidos nos ecommerces brasileiros ultrapassou, pela primeira vez, a barreira dos 50 milhões. Foram mais de 25 milhões de pessoas procurando, escolhendo e comprando diversas vezes, por diferentes dispositivos e nos mais variados momentos do dia. O seu negócio faz parte desse cenário de números impressionantes, mas você está sabendo aproveitar todo o potencial que esse volume de dados oferece?

Mesmo que você não esteja familiarizado com o termo “Big Data”, provavelmente reparou que a captura de dados já não é mais novidade. Empresas vêm percebendo o valor financeiro de ter tanta informação – vide o Facebook comprando o Whatsapp por 22 bilhões de dólares, um app gratuito que não gera receita direta, mas que tem informação de bilhões de pessoas. O mesmo vale para Internet of Things (Internet das Coisas, em tradução literal) que aumenta a eficiência dos objetos nas nossas vidas, além de ampliar a captação de dados ligados ao comportamento e estilo de vida das pessoas.

Big Data no dia a dia do seu ecommerce

Todo o caminho percorrido pelo consumidor gera dados que, sozinhos, são apenas…dados. Mas quando juntamos esses mesmos fluxos de dados à inteligência e tecnologia, abrimos as portas para o verdadeiro potencial de Big Data. É aí que o seu ecommerce entra nisso: os dados se tornam informações que podem ser interpretadas e viram insumos valiosos para montar estratégias fortes. Com base em informações de navegação e a partir do mapeamento do comportamento dos clientes, é possível traçar inúmeras ações que atingem os consumidores certos e facilitam o alcance de objetivos como o aumento de cliques, de conversão, de receita, de engajamento, fidelização, dentre outros fatores que, juntos, garantem o sucesso da operação da sua loja.

As possibilidades são muitas: as marcas podem, por exemplo, aprimorar os mecanismos de busca das páginas de acordo com os dados coletados. Da mesma forma, é possível interpretar as intenções de compra e apresentar vitrines com as ofertas mais relevantes para cada usuário. Estratégias de e-mail marketing também são aprimoradas com Big Data, já que tendo em mãos as preferências dos compradores as empresas conseguem enviar de forma personalizada ofertas que interessam a cada cliente em específico, sempre no momento mais adequado. Perfeito, né? Afinal, se você oferece ao seu consumidor exatamente o que ele quer, no momento em que ele precisa, as chances de ele comprar (e voltar!) no seu e-commerce são muito maiores.

Surgem ainda outras vantagens, como o aumento do ticket médio. Encontrando de modo mais simples o que querem e recebendo ofertas relacionadas, as pessoas se sentem mais motivadas a comprar. Quem adquire um computador também pode ter interesse em periféricos, como mouse e teclado. Talvez a pessoa nem lembre que precisa, mas aproveitará para comprar junto caso esse produto apareça como sugestão. Uma coisa leva à outra, né? Engajamento e fidelização são gerados por um bom atendimento. Da mesma forma que retornam para as lojas físicas, os consumidores continuarão acessando o seu site caso encontrem nele tudo o que desejam.

Proporcione uma experiência única para o seu consumidor

Como você pode notar, essas e outras soluções facilitadas pela captura e análise de dados aliados à inteligência artificial e tecnologia farão com que o seu cliente encontre de forma mais fácil o que precisa comprar e tenha uma experiência única. A partir do momento em que ele acessa o seu ecommerce e começa a deixar informações, os algoritmos entram em ação para fazer com que esse cliente saia o mais satisfeito possível. Ponto pra você! 😉

Assim, relação entre marca/consumidor fica mais próxima, fazendo com que, de certa forma, a barreira física da internet seja amenizada. Não é como entrar em uma loja e ter que procurar sozinho o produto que deseja comprar. Muito pelo contrário: é como se o cliente tivesse por perto um vendedor oferecendo opções relacionadas ao seu interesse. Cria-se, assim, um laço de confiança entre as partes.

Essas são apenas algumas das vantagens que um bom trabalho com Big Data pode oferecer ao seu ecommerce. No contexto atual de desenvolvimento tecnológico, esse é o momento certo para você buscar soluções que entreguem tudo isso e ainda ofereça uma parceria sólida na elaboração de estratégias certeiras para aumentar suas vendas. Para conhecer a nossa suíte completa de personalização, entre em contato com a gente!